Bem estar Depressão Estilo de Vida Geral Saúde Saúde e Bem Estar

Uma nova mulher – mais saudável e com 30 kg a menos!

Lembro-me como se fosse ontem. A data era junho de 2018 – quando resolvi explorar uma trilha em um dia de sol. Passei mal. Não consegui terminar a caminhada. Coração batia a mais de 150 por minuto sem muito esforço físico, sensação de cansaço, falta de ar. E na subida? Parava pelo menos 3 vezes para descansar e recuperar o fôlego. Isso era normal? Não: eu estava fora de forma e isso estava começando a afetar a minha saúde física.

Fiquei intrigada após aquele dia e resolvi pedir um hemograma de rotina ao médico. Não deu outra: colesterol alto, triglicérides altíssimo, glicemia lá em cima. Ahhhh chega! Eu precisava fazer algo de verdade, algo que desse resultado e que fosse para a vida inteira.

Confesso que não sou dessas que ama academia. Exercícios físicos não são a minha praia – gosto de praticar esportes, de caminhar, fazer hiking etc., mas não com o intuito de emagrecer. Gosto de fazer tudo isso por prazer, nas horas vagas, para liberar o estresse do dia a dia. Resumindo: exercícios físicos não seriam uma solução para mim. Já tinha tentado diversas vezes, mas nunca obtive resultados duradouros. Foi aí que recebi a explicação dos especialistas: exercício físico (sozinho) não emagrece. O foco seria, sem dúvidas, na mudança da alimentação.

Com base nessa descoberta comecei a pesquisar sobre várias dietas. Li tudo e mais um pouco sobre a dieta ketogênica, whole30, lowcarb, entre muitas outras. Cada uma tinha algo que faria com que eu desistisse após algum tempo. Eu queria algo mais parecido com um novo estilo de vida, algo que eu pudesse continuar praticando mesmo após ter atingido meu peso ideal. Foi aí que, conversando com a minha sogra, fui apresentada ao Bright Line Eating (BLE).

O BLE consiste em adotar um novo estilo de vida baseado em 4 regras:

  • Proibido consumir qualquer tipo de açúcar
  • Proibido consumir qualquer tipo de farinha
  • Fazer apenas 3 refeições diárias – sem petiscar entre cada uma delas
  • Pesar a quantidade de alimento ingerido em cada refeição

Comprei o livro no Amazon (link aqui) e comecei a devorar a leitura. Inspirada pela história da autora, estabeleci uma data para a minha mudança: 18 de julho de 2018. Meu marido soube dos meus planos e não só me apoiou como também se propôs a fazer a dieta junto comigo. E lá fomos nós!

A primeira semana foi fácil, até porque meu organismo estava saturado de carboidrato. Levei aproximadamente 2 semanas para desintoxicar e começar a sentir os efeitos dos novos hábitos alimentares.

A parte boa do BLE é que você nunca está sozinho(a). Eles oferecem diversas formas de apoio, inclusive grupos secretos e exclusivos no Facebook, workshops, e mais. Participei avidamente de todos e, ao encontrar o apoio necessário, segui em frente.

O tempo foi passando e quando vi nem conseguia acreditar que já estava há alguns meses sem comer pão, bolo, chocolate, etc. Comecei a me sentir bem fisicamente. Um mês após ter iniciado a dieta consegui abandonar os remédios que tomava para ansiedade. Os sintomas de ansiedade desapareceram… assim do nada! Após seis meses alcancei meu peso ideal. Celebrei muito. Não foi fácil chegar lá, mas consegui com muita luta e persistência.

Hoje, exatamente nesta data de 19 de julho de 2019, estou comemorando meu PRIMEIRO ANO DE BLE! Estou feliz, sou outra pessoa. Meus exames estão ótimos, tenho fôlego e disposição; faço meus exercícios diários sem sentir cansaço, fadiga; não sei o que são sintomas de ansiedade há quase um ano. O melhor de tudo vem agora: vou continuar. Estou feliz e na fase de manutenção do peso. Hoje já como alguns carboidratos, mas de forma controlada. O fato de pesar os alimentos consumidos a cada refeição me salvou de outro problema: a compulsão em relação à comida.

Agora eu como sabendo que estou ingerindo exatamente a quantidade ideal que meu corpo precisa. Nada a mais, nada a menos. Isso é se sentir verdadeiramente livre. Livre da compulsão por comida, livre de se preocupar em engordar X quilos com a introdução de um novo alimento. Atualmente faço minhas refeições com prazer, despreocupada, e sabendo que continuarei feliz, saudável, livre e no corpo que sempre me pertenceu!

A menina da esquerda, há um ano, se transformou na menina da direita (foto tirada hoje). Estava pesando, há um ano, 90 kg e atualmente peso 60 kg.

Conclusão: dieta não faz milagre, tão pouco exercícios físicos. O verdadeiro milagre está em adotar definitivamente um novo estilo de vida, uma reeducação alimentar que te acompanhará por toda a vida. Tenho deslizes? Sim, claro! Comi doce neste período, comi pão também, mas minha consciência me dizia a todo momento: “tudo bem, já passou a vontade… está na hora de voltar ao foco”. E assim eu fazia já na próxima refeição sem olhar para trás.

Você já ouviu falar em Bright Line Eating (BLE)? Tem interesse em começar também? Escreva aqui nos comentários, podemos ajudar uns aos outros a adotar um estilo de vida saudável e feliz!

3 comentários em “Uma nova mulher – mais saudável e com 30 kg a menos!

  1. Vc é minha inspiração filha. Te amo.

  2. Maria Cristina

    Parabéns Nadja!!! Perseverança, vontade, firmeza na decisão! Muito inspirador!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: