ansiedade · Bem estar · Geral · Saúde

Lidando com os sintomas da ansiedade (Parte 2)

E foi logo após passar por mais uma crise de ansiedade que escrevo este post para vocês. Apesar de ter passado mais uma vez por isso, há poucas horas atrás, confesso que fiz alguns progressos desde que tudo isso começou.

Lembro-me muito bem que, na primeira vez que senti esses sintomas eu não sabia o que fazer, como controlar, o que tomar, e por aí vai. Achava que ficar deitada na cama, tremendo debaixo das cobertas e tentando controlar a respiração e os batimentos cardíacos acelerados resolveria tudo. Hoje eu sei que não resolve. Pelo contrário: é bem mais doloroso e demora muito mais para passar.

Mas então, como controlar nosso corpo e mente na hora da crise? A verdade é que eu não sei a resposta definitiva dessa pergunta, mas como alguém que já sofre com isso há 4 anos, descobri algumas coisas que têm me ajudado bastante (e espero que possam te ajudar também).

ansiedade principais.jpg.opt436x321o0,0s436x321

Vamos dividir essas “soluções” em duas partes: física e mental.

Parte física

A primeira delas é exercício físico. Sim… corpo e mente precisam estar sempre ocupados. Sentido literal aqui, pessoal. Eu me encontrei na Yoga e também em exercícios de condicionamento físico, como esteira, bicicleta, caminhada, corrida. Para aqueles que pensam que a Yoga é muito devegar, saibam que a Yoga faz você conhecer melhor seu corpo e treina a sua mente para aquilo que é bom. Traz paz de espírito. Acalma os ânimos. Recomendo muito! Já o condicionamento físico seria mesmo um complemento. Segundo os médicos, manter seu coração batendo de forma saudável (através dos exercícios físicos) ajuda e muito na luta contra a ansiedade. Lembrem-se de que um dos principais inimigos da ansiedade é o sedentarismo.

Os exercícios ajudaram sim em meus momentos de crise. Hoje posso dizer que as crises são mais “leves” do que antes (se é que existe ansiedade leve haha). Outra coisa que tem funcionado bem é o exercício da respiração. Todos nós respiramos naturalmente, mas o fazemos da forma correta? Vocês sabiam que respirar pelo diafragma é totalmente diferente da respiração peitoral? Vale a pena se informar. Aprendi muito sobre isso na Yoga. Também há vários cursos por aí sobre como respirar da forma correta e melhor, como controlar sua respiração. Isso ajuda E MUITO no momento em que estiver em crise (de ansiedade).

Se você leva uma vida sedentária e não pratica nenhum tipo de exercício físico, está mais do que na hora de se matricular na academia e sentir a diferença. Isso vai curar sua ansiedade? Não, provavelmente não, mas dependendo do corpo e mente de cada um, isso poderá aliviar  os sintomas (e torná-los menos frequentes ou menos intensos).

cartoon.jpg.opt450x473o0,0s450x473

Parte mental

Se o corpo físico precisa de ajuda para lidar com a ansiedade, com a sua mente as coisas também não são diferentes. O equilíbrio do ser humano está no corpo e na mente. Ambos precisam estar alinhados e saudáveis para que não tenhamos problemas.

Reconheço que a parte mental é realmente a mais difícil, já que nos momentos de crise tudo vem à nossa mente: “vou morrer, estou tendo um ataque cardíaco, minha vida é uma droga, ninguém me ama, como sou infeliz”. Como tirar esses pensamentos da nossa cabeça? Sofri e ainda sofro muito com essa parte, pois é muito difícil controlar a nossa mente a esse ponto. O que tem me ajudado muito, acreditem ou não, é a meditação. Não pessoal, vocês não precisam fazer aulas ou procurar um centro holístico, etc. Coisa simples mesmo. Vamos lá: o que eu faço é meditar por 5 minutos ao me levantar todos os dias (vocé também pode fazer isso quando estiver passando por uma crise). Sento-me na cama com as pernas cruzadas, fecho os olhos e começo a prestar atenção no som da minha respiração. No começo voce provavelmente não irá se concentrar muito (ou facilmente), mas a prática diária facilitará o processo cada vez mais. Sua mente irá aos poucos se disperçar e você sentirá a calma e a paz que tanto precisa. Esse exercício também ajuda e muito na luta contra a insônia (sei que quem tem ansiedade tem dificuldades para dormir, como eu também tenho). O segredo é parar, ouvir o som da sua respiração.

Para aqueles que querem se aprofundar na meditação, o vídeo abaixo mostra excelentes dicas para essa prática.

Quando estiver no meio de uma crise, tente ir para um lugar calmo, sem muito barulho ou interferência e pratique a meditação por 5 minutos. Tente esvaziar sua mente, e todos aqueles pensamentos que o atormentam irão embora. Isso têm me ajudado bastante.

Outra alternativa para meditar ou acalmar sua mente é ouvir sons artificias de pássaros cantando, barulho do vento, da água do mar, etc. Neste caso recomendo o aplicativo Sleep Pillow – O ponto alto do aplicativo são as opções de sons: tem desde cantiga de ninar até barulho de chuva, do mar e de sala de massagem. Você ainda tem a opção de misturar os sons e criar uma playlist. O timer do aplicativo garante que você não fique mexendo no celular toda hora. É só colocar o tempo, apertar o play e começar a relaxar.

Como disse no início deste post: essas são apenas sugestões baseadas na minha experiência ao lidar com a ansiedade. Compartilhei aqui o que têm funcionado para mim. Não sou médica e nem mesmo expert no assunto. Nosso objetivo aqui é trocar experiências e ajudar uns aos outros.

Você gostaria de compartilhar suas experiências sobre como tem lidado com a ansiedade? Conte-nos sua história aqui sem se preocupar com a divulgação da sua identidade. O formulário é 100% anônimo.

No próximo post vou compartilhar depoimentos de pessoas que, assim como nós, têm lidado com esse tipo de problema. Fiquem ligados no nosso Nana News!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s