Nossos “aumigos” são especiais…

E quem é que não ama nossos “aumiguinhos” de quatro patas? Sempre tive cachorro desde pequena, e tenho verdadeira adoração por eles.

Podem falar o que quiser, mas nossos cães são demais, companhia verdadeira e para todas as horas. São fiéis e amam de verdade sem cobrar nada em troca ( a não ser comida, água e muito carinho).

Desde que cheguei aqui nos EUA estou “alucinada” para ter meu cachorrinho, mas infelizmente até o momento a vida não quis me proporcionar a chance de poder ter um. Moro em uma casa alugada e o proprietário impôs condições: taxa de 500 dólares e o cachorrinho tem que ter mais de 2 anos de idade, e ele deve “aprovar” a raça. É complicado você permitir que uma pessoa estranha escolha o tipo de cachorro que você pode ter. Neste momento, fica a esperança de juntar uma grana para ter a minha própria casa para que eu possa ter meus filhotes caninos. Não vejo a hora, e jamais perco as esperanças.

Enquanto esse sonho não se realiza, fico olhando as fotos e matando as saudades dos meus filhotes que estão no Brasil: o Lucky (um Chow-chow) e o Fluke (um Lhasa-apso). O Lucky fica na casa da minha mãe, e acho que ele é mais dela do que meu. Dizem que os cães têm a personalidade do dono, e este aqui é muito parecido com a minha mãe. Já o Fluke foi amor à primeira vista. Escolhi pessoalmente e vivi com ele três anos. Dormia comigo, me acompanhava em todos os cômodos da casa, e segundo minha avó ele ficava todos os dias atrás da porta esperando eu chegar do trabalho. Confesso que quando viajei para cá me arrependi de tê-lo deixado para trás. Hoje me sinto mais conformada, pois sei que o Fluke é a paixão da minha avozinha de 89 anos e faz companhia para ela.

Aqui onde eu moro tem cachorro em praticamente todos os lugares. A cidade é muito bonita e tem muito verde, trilhas, parques. Eles fazem a festa e aposto que são muito felizes. Quem sabe um dia eu vou poder ter o meu filhotinho…. êpa, já avisei o marido. Quero duas meninas para fazer a maior farra em casa!

Esta é a minha avozinha com meu Fluke. Meu coração fica feliz em saber que ele faz tão bem à ela.

Este é o Lucky, meu Chow-chow azul. Apesar de seu temperamento nada sociável eu amo muito!

Anúncios

2 comentários sobre “Nossos “aumigos” são especiais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s