Trabalhar em “Home Office” não é o que parece!

Segunda-feira é sempre assim. A gente acorda com aquela sensação de que poderia ainda ser final de semana. E o alarme não perdoa. Abro os olhos e olho no relógio…ahhh aqueles dez minutinhos , que delícia! Ainda bem que eles existem. Ou será que não deveriam existir? Dizem que se cochilarmos mais um pouquinho com certeza vai ser pior. Ah, mas quem se importa! Apaga a luz aí, por favor!

O trabalho me chama, e só para desencargo de consciência dou uma olhadinha nos e-mails pelo iPad. Nossa! A caixa de e-mails está lotada. Está mesmo na hora de levantar, e o pior: não vou nem ter tempo de ir para a academia como faço todas as manhãs. Telefone toca, skype pisca, msn também. Qual respondo primeiro? Êpa! Mas espere aí… nem me troquei ainda, abri as janelas, tomei café da manhã etc.

Tudo é urgente. E para “ontem”. E-mails respondidos, mensagens instantâneas resolvidas. O trabalho começa com projetos grandes a serem entregues ainda hoje. Ah, e ainda tenho que verificar clientes com pagamento em atraso e enviar algumas faturas para outros que estão aguardando. E que nao é que pinta um “boi na linha”?

Cliente desesperado precisando de ajuda em um projeto para ser entregue em 4 horas. Vamos lá! Força e disposição é preciso. O lema é deixar o cliente contente e garantir a graninha extra. Missão cumprida, e agora posso voltar aos afazeres dos demais projetos.

De repente paro para olhar no relógio: são 1 da tarde e acreditem: ainda não troquei de roupa ou tomei café da manhã. Vamos emendar com o almoço então. O que temos para hoje? Saladinha… ahhhh não!!! Segunda-feira é cruel até para comer. Dieta, dieta e mais dieta. Depois de uma manhã super ocupada eu adoraria comer algo como… lasanha…bife milanesa e batatas fritas. Mas tudo bem, vamos à saladinha então.

Comi em vinte minutos e voltei ao trabalho. Mais e-mails me aguardam e tenho que entregar dois projetos em 3 horas. Enfim após a primeira hora chega a hora do break e eu supostamente deveria largar tudo o que estou fazendo e dar uma caminhada, pegar um arzinho nesta primavera tão linda. Skype chamando… mais fogo para apagar e..acho que a caminhada não vai acontecer hoje.

Ufa! Terminei os tais projetos e rapidamente olho no relógio para ver se ainda tenho tempo de dar uma saída. Hummm, são 4 da tarde e tenho sim! Ôpa, não tenho não. Recebi uma proposta de um novo cliente. Quando terminei as negociações do novo trabalho já eram quase 17:30 e isso significa hora de preparar o jantar.

Mas e a caminhada? Trocar de roupa? Café da manhã? Lanche ou snack da tarde? Qualidade de vida???

Pois é pessoal, a gente nem percebe, mas mesmo trabalhando em casa precisamos e muito de qualidade de vida. Muitas pessoas pensam que por trabalharmos em casa temos privilégios e qualidade de vida. Isso não é 100% verdade.

As pessoas que trabalham em seu “Home Office” precisam das mesmas coisas que aquelas que dão duro nos escritórios das empresas ou nas ruas. Não importa onde você trabalha. O importante é jamais esquecer de que todos precisamos de um tempo para descansar a mente e sair da frente do computador.

Por mais complicado e ocupado que esteja seu dia, dê à você mesmo este direito.

E você, já saiu para refrescar a cabeça hoje? 

 

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Trabalhar em “Home Office” não é o que parece!

  1. Daniel Pestana disse:

    A mais pura verdade. Nos últimos dois anos a minha vida social deteriorou-se bastante devido a trabalhar como freelancer. Por mais que queiramos, por vezes é impossível conseguir uma folga ou um break.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s